Folhas publicadas

domingo, 20 de março de 2011

Céu

Hoje eu queria dizer tudo o que sinto.
Os caracteres não serão suficientes,
nem mesmo há espaço amplo,
ou até mesmo o espaço que tem aqui pouco habitado.
Mas um sentimento que parece nos tempos de hoje ser obsoleto se mostra real. Útil.
Começo a querer, a sentir, a querer sentir isso que tem tantos nomes.

"Amor, paixão, saudade, apreço, achego, encanto.." E por aí vai.

Bom, pra destacar tudo - o pouco, dito aqui eu termino esse post aparentemente sem fundamento com uma música que vai dar, que dá com certeza todo sentido existente a ele.


10 Contados
Alec Haiat / Céu



Meu amor não se atrase na volta não
Meu amor não, não, não
Meu amor não se atrase na volta não
Meu amor, meu amor, meu amor, quem mandou?

Mandei uma mensagem a jato às entidades do tempo
Já me foi verificado que nem mesmo haverá segundos
Que os minutos foram reavaliados e que pra cada suspiro serão 10 contados

Meu amor não se atrase na volta não
Meu amor, meu amor, meu amor, quem mandou?
Meu amor não se atrase na volta não
Meu amor não, não, quem mandou, quem mandou?

Mandei uma mensagem a jato às entidades do tempo
Já me foi verificado que nem mesmo haverá segundos
Que os minutos foram reavaliados e que pra cada suspiro serão 10 contados



Nenhum comentário:

Postar um comentário